Pescada

Pescada do Cabo: Capturada com redes de arrasto nas costas da Namíbia e da África do Sul, é cortada em filetes e congelada a bordo em modernos navios fábrica. A frota de frescos, leva a pescada fresca até à nossa fábrica de Walvis Bay, onde a delicada pescada é manualmente cortada em filetes e embalada individualmente. A pescada capturada na África do Sul possui a certificação de sustentabilidade MSC e a da Namíbia, está em processo de certificação.

Pescada da Argentina (Hubbsi): capturada com redes de arrasto na costa sul da Argentina. Todo o peixe capturado é imediatamente cortado em filetes e congelado a bordo nos nossos modernos navios fábrica.

Gambão da Argentina

Gambão da Argentina (Pleoticus muelleri): pescada nas águas frias da Patagónia Argentina, utilizando redes de arrasto fixadas com retrancas. Durante a campanha off-shore, o camarão é congelado diretamente a bordo em modernos navios arrastões. O camarão fresco do dia, oriundo da frota tradicional durante a campanha costeira, é tratado na nossa fábrica situada no sul da Península de Valdés.

Lula

A lula da Patagónia (Loligo gahi): é capturada com navios arrastões a sul das costas da Patagónia argentina. Ultracongelada a bordo sem qualquer tipo de manipulação, a lula da Patagónia destaca-se de entre as restantes lulas de outras origens pela sua excelente textura e sabor. Estas lulas de tamanho médio, são vulgarmente designadas como lulinhas, devido ao seu tamanho, são ideais para grelhar inteiras ou fritas cortados em tiras.

Lula da África do Sul (Loligo reynaudii): capturadas com navios toneiros na costa sul-africana. Esta lula de grande dimensão, destaca-se pelo sabor delicado e pela textura firme. É conhecido como “chocolate”, devido à cor da sua pele, sendo ideal para guisar ou cozinhar na sua própria tinta.

Lula europeia (Loligo vulgaris): capturada no sector centro-oriental do Atlântico. Tem um manto longo, estreito e cilíndrico, que pode atingir até 50 cm de comprimento. Cabeça volumosa. Barbatanas largas, não mais do que 60% do comprimento do manto. Clube tentacular com ventosas muito grandes nas filas centrais. Concha dorsal interna (pena) não calcificada, muito estreita e transparente.

Pota

Pota (Illex argentinus): capturada na costa sul da Argentina, por navios toneiros congeladores que utilizam focos potentes para atrair a pota à superfície do mar. A pota é atraída pela toneira, que consiste num engodo colorido com múltiplos anzóis. Com esta arte de pesca, é capturada a pota, uma a uma, sendo içada viva e intacta para o convés. A ultracongelação nos nossos navios congeladores, preserva a sua frescura e mantém as suas qualidades naturais, proporcionando um produto de qualidade extra. A pota é a espécie utilizada para produzir argolas panadas.

Poton do Pacífico

Poton do Pacífico (Dosidicus gigas): Apanhado com anzóis no Oceano Pacífico. São lulas grandes que podem atingir até 4 m de comprimento. Têm um manto grande, resistente, de parede grossa e braços longos com 100-200 pequenos ventosas com dentes em cada uma e tentáculos rápidos. Tal como outros cefalópodes, estão equipados com cromatóforos e são capazes de mudar de cor e emitir flashes de luz para comunicar. Peso máximo publicado: 65 kg.

Polvo

Polvo (Octupus vulgaris): pescado nos oceanos Atlântico e Pacífico com redes de arrasto, é um cefalópode marinho com um corpo oval, sem vestígio de concha interior e com 8 braços equipados com 2 filas de ventosas. No centro dos braços está a boca, armada com fortes mandíbulas excitadas, com a forma de um bico de papagaio. Pode ter até 1,3 m de comprimento. Pode pesar até 10 kg.

Tamboril do Cabo

Tamboril do Cabo (Lophius vomerinus) e tamboril chinês (Lophius litulon): caudas de tamboril capturadas com redes de arrasto ao largo da costa sul-africana. O peixe é processado à mão no próprio barco através da congelação da cauda sem pele. Este formato é perfeito para fatiar ou cozinhar inteiro. O tamboril é um peixe de águas profundas, conhecido pela sua carne branca firme e sabor delicado.

Ameijoa do Pacífico

Ameijoa branca do Pacífico: esta bonita ameijoa caracteriza-se pelo seu sabor doce e delicado. Cultivada no Vietname e pescada através de métodos tradicionais de captura de marisco, com ancinhos de pesca. Não é permitida a utilização de máquinas ou dragagens para a sua extração, protegendo assim o meio ambiente e os fundos marinho e fomentando uma pesca sustentável. Trata-se de uma ameijoa carnuda de grande dimensão, ideal para cozinhar ao vapor, com massa ou com arroz.

Surimi

Palitos de Surimi: os palitos NÓS, são elaborados com surimi de elevada qualidade, 100% escamudo-do-alasca. A carne deste peixe branco delicado, com baixo teor de gordura e parente próximo do bacalhau, contribui com proteínas saudáveis para os nossos palitos que, para além de não terem glúten, são o ingrediente perfeito para uma dieta saudável e equilibrada. Prontos a comer, ideais para preparar tapas e saladas diversas.

Mais informação acerca dos nossos produtos

Dispomos também como produtos próprios e com menor capacidade de captura, produtos como os rabos de tamboril, xaputa, maruca, asas de raia, brótula ou pampo.

Diversos

Comercializamos diferentes espécies como por exemplo as vieiras, sapateira, filetes de bacalhau e mexilhões entre outros.